Os 3 imperdíveis livros de Max Gunther .

Quer saber qual o melhor livro de Max Gunther?

MelhoresLivros.online tem disponibilizado, com base em referências, a seleção atualizada dos livros de Max Gunther melhores de todos os tempos.

🏆 Classificação dos mais vendidos:

SaleBestseller No. 1
Os axiomas de Zurique
  • Gunther, Max (Author)
  • 208 Pages - 03/02/2017 (Publication Date) - Best Business (Publisher)
SaleBestseller No. 3
O investidor inteligente
  • Graham, Benjamin (Author)
  • 672 Pages - 01/25/2016 (Publication Date) - HarperCollins (Publisher)

Esta lista se baseia sobre os livros de Max Gunther mais vendidos da Amazon na última semana.

💲 Livros em promoção

SaleBestseller No. 1
Os axiomas de Zurique
  • Gunther, Max (Author)
  • 208 Pages - 03/02/2017 (Publication Date) - Best Business (Publisher)
SaleBestseller No. 2
O investidor inteligente
  • Graham, Benjamin (Author)
  • 672 Pages - 01/25/2016 (Publication Date) - HarperCollins (Publisher)

🥇 O melhor

Considerando a existência de vários itens a considerar para a compra do melhor livro de Max Gunther, segundo percebemos, Os axiomas de Zurique ao preço de R$ 29,90 nos revela ser o melhor livro à venda.

SaleO melhor
Os axiomas de Zurique
  • Gunther, Max (Author)
  • 208 Pages - 03/02/2017 (Publication Date) - Best Business (Publisher)

📚 Para aprofundar sobre Max Gunther

Max Gunther (1927 Р1998) foi um jornalista e escritor anglo-americano, autor de 26 livros, entre eles o best-seller de finan̤as Os Axiomas de Zurique.

Nascido na Inglaterra, Gunther migrou para os Estados Unidos aos 11 anos de idade após seu pai, Franz Heinrich (Frank Henry), funcionário pull off Schweizerischer Bankverein (SBV, chamado em inglês Swiss Bank Corporation ou SBC, que em 1998 foi fundido ao UBS, Union Bank of Switzerland ou União de Bancos Suíços, para formar o UBS AG, segundo maior gerenciador de fortunas pull off mundo e segundo maior banco europeu), ter sido transferido para os EUA para ser gerente da filial de Nova Iorque daquele banco.

Graduou-se pela universidade de Princeton em 1949 e serviu o exército estadounidense de 1950 a 1951.

Trabalhou como funcionário da revista BusinessWeek de 1951 a 1955 e nos dois anos seguintes foi colaborador da revista Time. Também trabalhou como colaborador paras as revistas Playboy, Reader’s Digest, TV Guide, McCall’s, e para o jornal Saturday Evening Post.

Morou na maior parte da sua vida adulta na cidade de Ridgefield, no estado estadounidense de Connecticut.

Leia também:

shares