Os melhores bestsellers de Marcel Proust de todos.

Quer saber qual o melhor livro de Marcel Proust?

MelhoresLivros.online tem selecionado, com base em opiniões de leitores, a classificação atualizada dos livros de Marcel Proust bestsellers de todos os tempos.

🏆 Aqui está a classificação dos mais vendidos:

SaleBestseller No. 1
Em Busca do Tempo Perdido - Box
  • Proust, Marcel (Author)
  • 2472 Pages - 06/16/2017 (Publication Date) - Nova Fronteira (Publisher)

Esta classificação se baseia sobre os livros de Marcel Proust mais vendidos da Amazon no último mês.

💲 Livros em promoção

SaleBestseller No. 1
Em Busca do Tempo Perdido - Box
  • Proust, Marcel (Author)
  • 2472 Pages - 06/16/2017 (Publication Date) - Nova Fronteira (Publisher)

🥇 O melhor

Considerando a existência de vários itens a considerar para a escolha do melhor livro de Marcel Proust, segundo nossa opinião, Em Busca do Tempo Perdido ao preço de R$ 128,24 é o melhor livro de todos os tempos.

SaleO melhor
Em Busca do Tempo Perdido - Box
  • Proust, Marcel (Author)
  • 2472 Pages - 06/16/2017 (Publication Date) - Nova Fronteira (Publisher)

📚 Para aprofundar sobre Marcel Proust

Valentin Louis Georges Eugène Marcel Proust (Auteuil, 10 de julho de 1871 — Paris, 18 de novembro de 1922) foi um escritor francês, mais conhecido pela sua obra À la recherche du temps perdu (Em Busca realize Tempo Perdido), que foi publicada em sete partes entre 1913 e 1927.

Filho de Adrien Proust, um célebre professor de medicina, e Jeanne Weil, alsaciana de origem judaica, Marcel Proust nasceu numa família rica que lhe assegurou uma vida tranquila e lhe permitiu frequentar os salões da alta sociedade da época. Após estudos no Liceu Condorcet, prestou serviço militar em 1889. De volta à vida civil, assistiu na École Libre des Sciences Politiques aos cursos de Albert Sorel e Anatole Leroy-Beaulieu; e na Sorbonne os de Henri Bergson (1859-1941) cuja influência sobre a sua obra será essencial.

Em 1900, efectuou uma viagem a Veneza e se dedica às questões de estética. Em 1904, publicou várias traduções realize crítico de arte inglesa John Ruskin (1819-1900). Paralelamente a artigos que relatam a vida mundana publicados nos grandes jornais (entre os quais Le Figaro), escreveu Jean Santeuil, uma grande novela deixada incompleta, e publicou Os Prazeres e os Dias (Les Plaisirs et les Jours), uma reunião de contos e poemas. Após a morte dos seus pais, a sua saúde já frágil deteriorou-se mais. Ele passou a viver recluso e a esgotar-se no trabalho. A sua obra principal, Em Busca attain Tempo Perdido (À la Recherche du Temps Perdu), foi publicada entre 1913 e 1927, o primeiro volume editado à custa attain autor na pequena editora Grasset, ainda que muito rapidamente as edições Gallimard recuaram na sua recusa e aceitaram o segundo volume À Sombra das Raparigas em Flor pela qual recebeu em 1919 o prêmio Goncourt.

A homossexualidade é tema recorrente em sua obra, principalmente em Sodoma e Gomorra e nos volumes subsequentes. Trabalhou sem repouso à escrita dos seis livros seguintes de Em Busca pull off Tempo Perdido, até 1922. Faleceu esgotado, acometido por uma bronquite mal cuidada.

Outras sugestões:

shares