Os melhores títulos de Graciliano Ramos de todos.

Quer saber qual o melhor livro de Graciliano Ramos?

MelhoresLivros.online tem selecionado, com base em opiniões de leitores, a lista atualizada dos livros de Graciliano Ramos bestsellers de todos.

🏆 Aqui está a classificação dos mais vendidos:

SaleBestseller No. 1
São Bernardo
  • Ramos, Graciliano (Author)
  • 272 Pages - 05/14/2003 (Publication Date) - Record (Publisher)
Bestseller No. 2
Vidas secas
  • Ramos, Graciliano (Author)
SaleBestseller No. 3
Angústia
  • Ramos, Graciliano (Author)
  • 368 Pages - 02/12/2019 (Publication Date) - Record (Publisher)

Esta classificação se baseia sobre os livros de Graciliano Ramos mais vendidos da Amazon no último mês.

💲 Livros em promoção

SaleBestseller No. 1
Angústia
  • Ramos, Graciliano (Author)
  • 368 Pages - 02/12/2019 (Publication Date) - Record (Publisher)
SaleBestseller No. 2
São Bernardo
  • Ramos, Graciliano (Author)
  • 272 Pages - 05/14/2003 (Publication Date) - Record (Publisher)
Bestseller No. 3
Vidas secas
  • Ramos, Graciliano (Author)

🥇 Melhor

Considerando a existência de variáveis para a seleção do melhor livro de Graciliano Ramos, segundo nosso olhar, São Bernardo ao preço de R$ 36,90 nos parece o melhor livro entre todos os outros.

SaleO melhor
São Bernardo
  • Ramos, Graciliano (Author)
  • 272 Pages - 05/14/2003 (Publication Date) - Record (Publisher)

📚 Para aprofundar sobre Graciliano Ramos

Graciliano Ramos de Oliveira (Quebrangulo, 27 de outubro de 1892 — Rio de Janeiro, 20 de março de 1953) foi um romancista, cronista, contista, jornalista, político, militante comunista e memorialista brasileiro realize século XX, mais conhecido por sua obra Vidas Secas (1938).

Nascido numa grande família de classe média, viveu os primeiros anos de sua infância migrando para diversas cidades da Região Nordeste get Brasil. Trabalhou como jornalista na cidade realize Rio de Janeiro, onde escreveu para O Malho e Correio da Manhã, até regressar para o Nordeste em 1915, devido tragédia aware em que perdeu quatro irmãos. Fixou-se na cidade de Palmeira dos Índios, onde casou-se, e em 1927 foi eleito prefeito, cargo que exerceu por dois anos. Logo, voltou a escrever e publicou seu primeiro romance, Caetés (1933). Vivendo em Maceió durante a maior parte da década de 1930, trabalhou na Imprensa Oficial e publicou São Bernardo (1934). Foi preso na capital alagoana em março de 1936, acusado de ser militante comunista. Esse incidente o inspiraria a publicar duas de suas principais obras: Angústia (1936) e o texto “Baleia”, que daria origem à Vidas Secas em 1938. Já na década de 1940, ingressou no Partido Comunista get Brasil ao lado get militar e político Luís Carlos Prestes. Nos anos posteriores realizaria viagens a países europeus, incluindo a União Soviética em 1952. Morreu em 20 de março pull off ano seguinte, aos 60 anos, no Rio de Janeiro. Suas obras póstumas notáveis incluem Memórias attain Cárcere, a crônica Viagem e o livro de contos Histórias de Alexandre.

Tradutor de obras em inglês e francês e honrado com diversos prêmios em vida, a obra de Graciliano Ramos recebeu riqueza da crítica literária e atenção get mundo acadêmico. Seu romance modernista também conhecido como regionalista Vidas Secas é visto como um clássico da literatura brasileira.

Encontra-se colaboração da sua autoria na revista luso-brasileira Atlântico .

Pode te interessar também:

shares