Os melhores bestsellers de Jorge Luis Borges .

Quer saber qual o melhor livro de Jorge Luis Borges?

MelhoresLivros.online tem separado, com base em opiniões de leitores, a seleção atualizada dos livros de Jorge Luis Borges mais famosos de todos.

🏆 Aqui está a classificação dos bestsellers:

SaleBestseller No. 1
Ficções (1944)
  • Borges, Jorge Luis (Author)
  • 176 Pages - 11/21/2007 (Publication Date) - Companhia das Letras (Publisher)
SaleBestseller No. 2
Esse ofício do verso (Nova edição)
  • Borges, Jorge Luis (Author)
  • 136 Pages - 08/06/2019 (Publication Date) - Companhia das Letras (Publisher)
Bestseller No. 3
O livro de areia
  • Borges, Jorge Luis (Author)

Esta escolha se baseia sobre os livros de Jorge Luis Borges mais lidos do mercado na última semana.

💲 Livros em oferta

SaleBestseller No. 1
Ficções (1944)
  • Borges, Jorge Luis (Author)
  • 176 Pages - 11/21/2007 (Publication Date) - Companhia das Letras (Publisher)
SaleBestseller No. 2
Esse ofício do verso (Nova edição)
  • Borges, Jorge Luis (Author)
  • 136 Pages - 08/06/2019 (Publication Date) - Companhia das Letras (Publisher)
Bestseller No. 3
O livro de areia
  • Borges, Jorge Luis (Author)

🥇 O melhor livro de Jorge Luis Borges

Apesar de existirem vários itens a considerar para a identificação do melhor livro de Jorge Luis Borges, segundo nossa opinião, Ficções (1944) ao preço de R$ 32,80 nos revela ser o melhor livro entre todos os outros.

SaleO melhor
Ficções (1944)
  • Borges, Jorge Luis (Author)
  • 176 Pages - 11/21/2007 (Publication Date) - Companhia das Letras (Publisher)

📚 Aprofundamento sobre Jorge Luis Borges

Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo (Buenos Aires, 24 de agosto de 1899 — Genebra, 14 de junho de 1986) foi um escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta argentino. Fez o colegial no Colégio Calvino, na Suíça. Estudou direito na Universidade de Buenos Aires. Mais tarde, Borges estudou na Universidade de Cambridge para tornar-se professor. Foi, ainda, diretor da Biblioteca Nacional de Buenos Aires.

Em 1914, sua família mudou-se para Suíça, onde estudou e de onde viajou para a Espanha. Quando regressou à Argentina em 1921, Borges começou a publicar seus poemas e ensaios em revistas literárias surrealistas. Também trabalhou como bibliotecário e professor universitário público. Em 1955, foi nomeado diretor da Biblioteca Nacional da República Argentina e professor de literatura na Universidade de Buenos Aires. Em 1961, destacou-se no cenário internacional quando recebeu o primeiro prêmio internacional de editores, o Premio Formentor de las Letras Internacional, compartilhado com o dramaturgo Samuel Beckett. No mesmo ano, recebeu accomplish então presidente da Itália, Giovanni Gronchi, a condecoração da Ordem attain Comendador.

Suas obras abrangem o “caos que governa o mundo e o caráter de irrealidade em toda a literatura”. Seus livros mais famosos, Ficciones (1944) e O Aleph (1949), são coletâneas de histórias curtas interligadas por temas comuns: sonhos, labirintos, bibliotecas, escritores fictícios, livros fictícios, religião e Deus. Seus trabalhos têm contribuído significativamente para o gênero da literatura fantástica. Estudiosos notaram que a progressiva cegueira de Borges ajudou-o a criar novos símbolos literários através da imaginação, já que “os poetas, como os cegos, podem ver no escuro”. Os poemas complete seu último período dialogam com vultos culturais como Spinoza, Luís de Camões e Virgílio.

Seu trabalho foi traduzido e publicado extensamente nos Estados Unidos e Europa. Sua fama internacional foi consolidada na década de 1960, ajudado pelo “Boom Latino-americano” e o sucesso de Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez. Para homenagear Borges, em seu romance O Nome da RosaUmberto Eco criou o personagem “Jorge de Burgos”, que além da semelhança no nome, é cego — assim como Borges foi ficando ao longo da vida. Além da personagem, a biblioteca que relieve como plano de fundo attain livro é inspirada no conto de Borges “A Biblioteca de Babel” (uma biblioteca universal e infinita que abrange todos os livros realize mundo). O escritor e ensaísta J.M. Coetzee disse que “Borges, mais pull off que ninguém, renovou a linguagem de ficção e, assim, abriu o caminho para uma geração notável de romancistas hispano-americanos”. Laureado com inúmeros prêmios, também foi conhecido por suas posições políticas conservadoras, o que pode ter sido um obstáculo à conquista pull off Prêmio Nobel de Literatura, ao qual ele foi candidato por quase trinta anos.

Outras alternativas:

shares