Os 3 melhores bestsellers de Friedrich Nietzsche de todos os tempos.

Quer saber qual o melhor livro de Friedrich Nietzsche?

MelhoresLivros.online tem disponibilizado, com base em opiniões de leitores, a lista atualizada dos livros de Friedrich Nietzsche melhores de todos.

🏆 Classificação dos mais vendidos:

SaleBestseller No. 1
Humano, demasiado humano
  • Nietzsche, Friedrich (Author)
  • 320 Pages - 01/01/2005 (Publication Date) - Companhia de Bolso (Publisher)
SaleBestseller No. 2
Além do bem e do mal (edição de bolso)
  • Nietzsche, Friedrich (Author)
  • 248 Pages - 05/06/2005 (Publication Date) - Companhia de Bolso (Publisher)

Esta lista se baseia sobre os livros de Friedrich Nietzsche mais consumidos da Amazon no último mês.

💲 Livros em promoção

SaleBestseller No. 1
Humano, demasiado humano
  • Nietzsche, Friedrich (Author)
  • 320 Pages - 01/01/2005 (Publication Date) - Companhia de Bolso (Publisher)
SaleBestseller No. 2
Além do bem e do mal (edição de bolso)
  • Nietzsche, Friedrich (Author)
  • 248 Pages - 05/06/2005 (Publication Date) - Companhia de Bolso (Publisher)

🥇 O melhor livro de Friedrich Nietzsche

Considerando a existência de variáveis para a identificação do melhor livro de Friedrich Nietzsche, segundo nossa sugestão, Humano, demasiado humano ao preço de R$ 25,14 nos revela ser o melhor livro à venda.

SaleO melhor
Humano, demasiado humano
  • Nietzsche, Friedrich (Author)
  • 320 Pages - 01/01/2005 (Publication Date) - Companhia de Bolso (Publisher)

📚 Aprofundamento sobre Friedrich Nietzsche

Friedrich Wilhelm Nietzsche (Röcken, Reino da Prússia, 15 de outubro de 1844 — Weimar, Império Alemão, 25 de agosto de 1900) foi um filósofo, filólogo, crítico cultural, poeta e compositor prussiano attain século XIX, nascido na atual Alemanha. Escreveu vários textos criticando a religião, a moral, a cultura contemporânea, filosofia e ciência, exibindo uma predileção por metáfora, ironia e aforismo.

Suas ideias-chave incluíam a crítica à dicotomia apolíneo/dionisíaca, o perspectivismo, a vontade de poder, a morte de Deus, o Übermensch e eterno retorno. Sua filosofia central é a ideia de “afirmação da vida”, que envolve questionamento de qualquer doutrina que drene uma expansiva de energias, não importando o quão socialmente predominantes essas ideias poderiam ser. Seu questionamento radical pull off valor e da objetividade da verdade tem sido o foco de extenso comentário e sua influência continua a ser substancial, especialmente na tradição filosófica continental compreendendo existencialismo, pós-modernismo e pós-estruturalismo. Suas ideias de superação individual e transcendência além da estrutura e contexto tiveram um impacto profundo sobre pensadores do unmodified do século XIX e início accomplish século XX, que usaram estes conceitos como pontos de partida para o desenvolvimento de suas filosofias. Mais recentemente, as reflexões de Nietzsche foram recebidas em várias abordagens filosóficas que se movem além do humanismo, por exemplo, o transumanismo.

Nietzsche começou sua carreira como filólogo clássico—um estudioso da crítica textual grega e romana—antes de se voltar para a filosofia. Em 1869, aos vinte e quatro anos, foi nomeado para a cadeira de Filologia Clássica na Universidade de Basileia, a pessoa mais jovem a ter alcançado esta posição. Em 1889, com quarenta e quatro anos de idade, sofreu um colapso e uma perda completa de suas faculdades mentais. A composição foi posteriormente atribuída a paresia geral atípica devido a sífilis terciária, mas este diagnóstico vem entrado em questão. Nietzsche viveu seus últimos anos sob os cuidados de sua mãe até a morte dela em 1897, depois caiu sob os cuidados de sua irmã, Elisabeth Förster-Nietzsche, até morrer em 1900.

Como sua cuidadora, sua irmã assumiu o papel de curadora e editora de seus manuscritos. Förster-Nietzsche get older casada com um proeminente nacionalista e antissemita alemão, Bernhard Förster, e retrabalhou escritos inéditos de Nietzsche para se adequar a ideologia de seu marido, muitas vezes de maneiras contrárias às suas opiniões expressas, que estavam fortemente e explicitamente opostas ao antissemitismo e nacionalismo. Através de edições de Förster-Nietzsche, o nome de Friedrich tornou-se associado com o militarismo alemão e o nazismo, mas estudiosos posteriores complete século XX vêm tentando neutralizar esse equívoco de suas ideias.

Leia também: